segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Faça um castelo de papelão e cartolina.


Esta semana ensinamos-te a fazer o teu próprio castelo reciclando cartão. Para isso precisas de:
- 2 rolos de papel de cozinha; 4 rectângulos de cartão castanho (podes aproveitar uma caixa retangular), 4 pauzinhos de espetada, pedaços de cartolina colorida
Para a execução vais precisar de: um adulto, um x-acto, uma tesoura, régua, lápis de carvão, marcador castanho ou preto e cola.
1. Pede a um adulto que te ajude a cortar os dois rolos de papel de cozinha ao meio com o x-acto. No topo de cada metade, em toda a volta, mede e marca com o lápis quadrados de 1 cm x 1 cm. Com a tesoura, corta-os alternadamente para fazer as ameias.
2. Nos rectângulos de cartão, corta duas peças de 10 cm x 28 cm e outras duas de 10 cm x 20 cm. No topo de cada uma, recorta alternadamente quadrados de 1 cm para fazer as ameias, iguais às que fizeste nos rolos.
3. Com a régua e o lápis, traça nas 4 torres e nos 4 cartões linhas horizontais simétricas. Depois, marca em cada uma pequenos traços verticais alternados, para fazer as pedras da parede do teu castelo.
4. Com o marcador desenha sobre as linhas a lápis as pedras. Faz alguns traços “tremidos”, para parecerem mais reais.
5. Para juntar as torre às muralhas, segue o exemplo da imagem abaixo. À distância de 1.30 cm de cada extremidade das muralhas pede ao teu adulto para fazer, com o x-acto, um golpe de cerca de 5 cm de cima para baixo. Nas torres, desta vez de baixo para cima, façam também 2 golpes em cada uma, de cerca de 5 cm, à distância de 5cm uns dos outros.
6. Para dar cor ao teu castelo, recorta nas cartolinas coloridas quatro bandeirinhas (podes fazê-las em formato recatngular ou triângulos “esvoaçantes”). Podes deixá-las simples ou desenhar  um escudo, ao modo dos antigos cavaleiros. Cola-as nos pauzinhos de espetada, e depois de secar, cola os pauzinhos às torres.
Agora, mãos à obra e diverte-te!
fonte:http://arteemtodaaparte.wordpress.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arte nada mais é, do que reciclar e soltar a imaginação.

Ocorreu um erro neste gadget